SindSaude Segunda-feira, 24 de junho de 2019

Notícias

Imprimir
  • 31/01/2019

    O melhor está por vir

    O melhor está por vir
    Marcio Mittelbach
    Ex-governador é investigado por desvio de R$ 8,4 bilhões

    O ex-governador pelo PSDB, Beto Richa, foi preso pela segunda vez em menos de seis meses. O esquema que envolve essa segunda denúncia do Ministério Público Federal é com relação às propinas que vinham dos contratos de pedágio. Essa é a 58ª fase da Operação Lava Jato.

    O juiz justificou a prisão alegando que Richa e o contador da família tentaram influenciar os depoimentos de testemunhas da investigação. Nem 25% do que foi contratado e aditivado foi cumprido. O esquema era super barra-pesada. Um misto de fraudes, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

    As tarifas sempre com valores na estratosfera e as obras reduzidas e não concluídas. O montante em dinheiro desviado ultrapassa a casa dos R$ 8 bilhões.

    Muito além – Muito mais do que enriquecer ilicitamente, roubando de quem não tem, essa quadrilha chefiada pelo ex-governador causou prejuízos estruturais à cadeia produtiva.

    O procurador do Ministério Público Federal, Deltan Dallagnol, afirmou que quando as rodovias são duplicadas, o número de mortes cai drasticamente. Ele sentencia que muitas mortes que parecem acidentes não são. Confira na matéria abaixo.

    Memória – O Sindicato sempre trabalhou com esse cenário de ter graves canais de corrupção no governo do PSDB.

    Conchavos – Logo no início do governo Richa, o então presidente do PSDB, e então deputado Valdir Rossoni afirmava animado que o mandato de Richa seria marcado como um tempo de diálogo. O discurso do diálogo com as concessionárias de pedágios parece que era apenas para esconder o jogo de interesses ilegais e imorais.

    Triste constatação – O ex-governador foi preso e existem provas contundentes que demonstram que houve ilícitos gravíssimos. Temos acompanhado o envolvimento do ex-governador em casos de corrupção na Educação, na Receita e licenciamento ambiental ilegal, que teria beneficiado negócios da família Richa. Será que na saúde, com tanto dinheiro que escorreu pelo ralo do HospSUS ou Funeas ou com a terceirização das lavanderias e da alimentação e não teve nada?

    Imagem - Beto Richa sempre quis passar a imagem de bom moço, uma imagem de homem polido e sério. Por trás daquele desempenho, várias vezes assistimos à máscara cair.

    Foi ele que não investiu o mínimo exigido pela Constituição na área da saúde. Foi ele que mudou várias vezes a lei da ParanaPrevidência e que destruiu a possibilidade de termos um fundo sólido para garantir nossas aposentadorias. Foi ele que jogou cães, bombas, helicópteros, gás lacrimogênio e mandou bater nas/os servidoras/es. Foi ele que terceirizou o serviço público. Foi ele que não respeitou a nossa greve e se negou a negociar.

    Foi ele também que permitiu aumentos astronômicos nos pedágios. Foi ele que por pouco tirou nossos quinquênios. Foi ele que colocou o Paraná na maior crise financeira por ter gasto mal e muito. Nada disso pode cair no esquecimento!

Esta matéria pode ser reproduzida desde que citada a fonte.

Av. Marechal Deodoro, 314, 8º andar, conjunto 801 - Edifício Tibagi, Curitiba, PR CEP: 80010-010 Telefone: (41) 3322-0921 E-mail: contato@sindsaudepr.org.br

DOHMS