SindSaude Quinta-feira, 24 de maio de 2018

Notícias

  • 10/04/2018

    Semente do mal

    Semente do mal
    Sueli Coutinho
    Richa se despediu com mais um ataque à ParanaPrevidência

    Entrou em tramitação em regime de urgência na Assembleia Legislativa na última segunda, 9/4, mais um projeto do ex-governador Beto Richa que altera o plano de custeio da ParanaPrevidência. Assim como fez em 2012 e em 2015, no fatídico dia 29 de abril, Richa propõe uma alteração que compromete o futuro do Fundo Previdenciário e alivia o rombo causado pela sua má gestão.

    A proposta da mensagem 18/2018 é diminuir os aportes financeiros estabelecidos pela lei 18.469 de 2015. Diante da forte descapitalização que aquela lei propunha, a proposta de Richa era que as/os próximas/os governantes pegassem dinheiro do caixa e depositassem no Fundo Previdenciário. Só assim poderiam evitar a falta de recursos para pagamento das aposentadorias em um futuro próximo.

    De acordo com a proposta de 2015, o governo teria que, a partir de 2030, fazer aportes no valor de 1% da folha de pagamento do Fundo Previdenciário. 2% a partir de 2031 e assim sucessivamente até 2051, quando o governo deveria depositar 22% da folha salarial mensal. Mas mesmo com os balanços da ParanaPrevidência apontando para uma situação crítica, Richa quer alterar essa decisão.

    De acordo com o novo texto, fica certo o aporte de 1% em 2030 de no mínimo 2% de 2031 e ponto final. Não existiria mais a obrigação de se fazer aportes crescentes até 2051. Isso significa mais descapitalização. Mais incertezas e menos tempo de vida útil para o Fundo Previdenciário. Vale lembrar que a lei de 2015 reduziu a solvência do Fundo, isto é, sua vida útil, de 28 para 19 anos.

    Luta – As/os trabalhadoras/es compareceram em peso na votação da prestação de contas da ParanaPrevidência na última segunda-feira, 9/4. Se sem saber dessa novidade a preocupação era geral, imagina agora. Vale dizer que ainda dá tempo de convencer as/os deputadas/os estaduais dos danos que essa mudança pode causar.

    Fique ligado nos nossos meios de comunicação. Não vamos aceitar caladas/os mais essa herança maldita de Beto Richa. Quem gastou mal os recursos foi ele. Não vamos aceitar pagar pela sua irresponsabilidade.

Esta matéria pode ser reproduzida desde que citada a fonte.

Av. Marechal Deodoro, 314, 8º andar, conjunto 801 - Edifício Tibagi, Curitiba, PR CEP: 80010-010 Telefone: (41) 3322-0921 E-mail: contato@sindsaudepr.org.br

DOHMS